SEXO

Esta categoria está em branco.


Caso pretenda aumentar o tamanho da letra prima a TECLA CTRL e TECLA + em simultâneo.

INDÍCE

1. Quem pode praticar ?
2. Quanto custa praticar ?
3. Quando pode praticar ?
4. Porque deve praticar ?
5. Comprimento e circunferência do Pénis e Clítoris no Mundo
6. Como deve praticar para o aumento peniano efetivo ?
   - 1ª Técnica de aumento
   - 2ª Técnica de aumento
7. Como deve praticar para o aumento efetivo do tempo de ereção?
8. Quais são as formas naturais de atrasar a ejaculação masculina ?
9. Que é o pompoarismo ?
   - Exercícios Vaginais Sozinha
   - Exercícios Vaginais Acompanhada
10. Video sobre Pompoarismo e Jelquing
11Quantos tipos de orgasmos femininos existe ?
12. Fases do Orgasmo Verdadeiro
13. Onde deve praticar ?
14. O que deve tomar antes de praticar ?
15. Links
16. Video sobre pesquisa de novos amigos 
 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 

SEXO

1. Quem pode praticar ?

Todos nós o podemos praticar, salvando raras excepções de pessoas com deficiência e mesmo essas de alguma forma possível praticam-no, agora no meu entender penso que só quando anatomicamente não é possível, em muito raras excepções, é que um casal opta por meios alternativos de ter prazer com o companheiro. Normalmente são as pessoas mais bem parecidas e de músculos tonificados que têm mais necessidade e impulso de praticar sexo o que de facto já não acontece com as outras pessoas menos bem parecidas e de músculos relaxados. A imagem pessoal que se dá a conhecer através do rosto e da própria roupa e sapatos demonstra muito sobre a sexualidade de cada um, seja homem ou mulher, sendo importante estar atento a esses detalhes quando se procura um companheiro e deve-se saber identificar quais são os do nosso agrado ou não e só depois é que se deve tentar um aproximação.

2. Quanto custa praticar ?

O custo pode ser 0€, caso o homem ou mulher estejam solteiros e nesse caso basta fazerem a eles próprios auto-masturbação apenas com as próprias mãos mas também podem pôr a imaginação a funcionar. No caso delas costuma-se usar cenouras aquecidas no micro-ondas, bananas ou courgettes pois é muito barato e existe no mercado vários tamanhos para escolha, tudo isto em vez do típico vibrador que vibra e é particularmente eficaz para provocar prazer no clitóris . No caso deles costuma-se usar bonecas insufláveis, seios e vaginas artificiais muito caros que de facto não são necessários, pois pode-se fazer uma vagina artificial muito próxima á real com materiais banais do dia-a-dia como mostra o vídeo debaixo :

Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health

No caso delas costuma-se usar vibradores muito caros que de facto não são necessários, pois pode-se fazer um pénis artificial muito próximo ao real com materiais banais do dia-a-dia como mostra o vídeo debaixo :

Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health

3. Quando pode praticar ?

Manhã - A partir das 6 horas, o corpo produz uma hormona que faz acordar, que é o cortisol. Entre as 7 e as 8 horas, a taxa de cortisol no corpo atinge a concentração máxima. Essa faixa de horário é ideal para acordar com facilidade e com o pé direito. Atenção que voltar a dormir é um erro, pois por volta das 9 horas, o corpo começa a produzir endorfinas (analgésicos naturais) que encorajam um sono pesado, do qual será difícil sair sem dor de cabeça ou mau humor. A partir das 9 às 10 horas é a hora certa para as folias amorosas, já que a taxa de serotonina ( neurotransmissor ligado ao prazer) está em seu apogeu. O prazer experimentado será substancialmente aumentado, pois as endorfinas estão em alta nesse horário e funcionam como anestésicos naturais. Como depois das 8 ninguém deve ficar na cama e das 9 às 10 é a hora ideal de amar, fica estabelecido que o café da manhã deve ser tomado entre as 8 e as 9 e depois volta-se para a cama para uma sessão erótica que inclua preliminares cuidados, obtendo vários orgasmos.

Noite - A melatonina, hormona do sono, invade progressivamente o corpo a partir das 18 horas mas é às 20 horas que aparece o primeiro momento ideal para dormir, sucedido por outros iguais a cada duas horas. Para ajudar a cair no sono, fazer amor é uma excelente ideia, pois o prazer sexual desencadeia a secreção de endorfinas no cérebro, favorecendo o adormecimento.

4. Porque deve praticar ?

Diminui os riscos de enfarte - Um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, realizado com mais de 3 mil homens de 45 a 59 anos, concluiu, após 20 anos, que o sexo frequente pode reduzir o risco de enfartes fatais e de derrames. De acordo com as conclusões da pesquisa, a morte súbita causada por problemas de coração é mais comum entre homens que afirmam ter níveis baixos ou moderados de actividade sexual. As pessoas que fazem sexo duas vezes por semana ou mais frequentemente têm menores probabilidades de sofrer com ataques cardíacos e outros problemas cardíacos fatais. As pessoas que fazem sexo apenas uma vez por mês têm o dobro de probabilidades de terem este tipo de problema, quando comparados com as com maior frequência sexual. O sexo pode ter um efeito protector no coração. Um estudo em Israel descobriu que mulheres que têm dois orgasmos por semana, têm 30% menos chances de ter problemas cardíacos do que as que não têm satisfação sexual. A endorfina libertada durante o sexo neutraliza o stress. Durante a relação sexual dá-se uma descarga de adrenalina que aumenta a frequência cardíaca. O sangue circula por todo o lado, estimulando a irrigação. Na altura do orgasmo, a libertação de endorfina relaxa as paredes dos vasos, o que facilita a fluidez do sangue e diminui o risco de enfartes e derrames provocados pelo entupimento das veias. Nesta fase, as artérias dilatam-se absorvendo mais oxigénio enquanto a frequência cardíaca chega aos 120 batimentos por minuto. 
O coração pode até sair ganhando de verdade quando um sexo mais caliente marca presença no dia a dia. "Durante a relação sexual, como em um exercício físico moderado, há um aumento temporário do trabalho cardíaco e da pressão arterial", explica o cardiologista José Lazzoli, da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte. Para preservar as artérias, contudo, é preciso suar a camisa no mínimo 30 minutos diários cinco vezes por semana. "E nem todo mundo consegue fazer sexo com essa duração e frequência", observa o especialista. Então, a mensagem é somar às noites intensas uma corrida ou caminhada no parque pela manhã, por exemplo. Recado à turma que tem hipertensão descontrolada ou doença coronariana: consulte o médico. Nesses casos, tanto o coração pode atrapalhar o sexo quanto ele pode atrapalhar um coração com problemas.

Tonifica os músculos - Segundo a Associação Americana de Educadores e Terapeutas Sexuais, a actividade sexual pode ser um óptimo exercício para o corpo. Isso porque meia hora de sexo queimam, em média, 85 calorias. Portanto, se você está sem paciência para ir à academia, que tal optar pelo plano B? Uma pesquisa levantou que 87% das mulheres consideram o sexo como o exercício favorito. Os músculos corporais nas mulheres também movimentam os músculos da vagina e ajuda a derrotar a celulite. Dependendo da intensidade de uma relação sexual, pode haver uma queima de 100 calorias que equivalem a uma caminhada leve a até 600 calorias que equivalem a uma corrida intensa”, diz a endocrinologista Ruth Clapauch. Um estudo feito na Alemanha descobriu que adultos que fazem sexo mais frequentemente tendem a ser mais magros. O sexo queima cerca de 60 calorias, o que soma aproximadamente 700 calorias durante um mês inteiro de sexo três vezes por semana. A ginástica que se faz desde os preliminares até ao orgasmo ajuda a fortalecer os glúteos, as pernas, biceps, braços e o abdómem. A irrigação sanguínea ajuda, também, a combater a má circulação e a celulite. Durante um acto sexual intenso, com uma duração de 20 minutos, podem ser queimadas até 300 calorias que equivale em média a uma caminhada rápida a 7 km por hora. Queima 3 a 10 calorias por minuto, uma média de 100 calorias por relação. Rapidinhas de 20 minutos semanalmente significam 7.500 kcal anualmente, que é mesmo que gastaria a correr 120Km. Fazer sexo é um dos melhores desportos que você pode praticar, pois estica e tonifica quase todos os músculos do corpo mas não é tão eficaz quanto nadar por horas, mas pelo menos é muito mais gostoso. Não dá para elevar o quarto à condição de academia, mas a atividade entre quatro paredes exige o esforço de alguns grupos musculares. Tudo depende, por exemplo, das posições na hora decisiva, mas é possível trabalhar as coxas, o dorso e o abdômen. No caso das mulheres, a relação ainda ajuda a movimentação dos músculos da vagina. "Há um aumento do fluxo sangüíneo para a região", conta a fisioterapeuta especialista em urologia Sophia Souto, da Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, que fica no interior paulista. "Durante o orgasmo, por exemplo, há uma contração dos músculos pélvicos", diz. Quando unida a exercícios específicos para aumentar o controle da própria vagina, a relação ajudaria a tonificar sua musculatura, diminuindo o risco de problemas como a incontinência urinária.

Diminui o stress - O médico faz questão de ressaltar que o orgasmo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer. Quando isso acontece, os níveis de stress tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque as chamadas hormonas do stress, como o cortisol, apresentam actividade reduzida. Quem trouxe essa novidade foi um estudo escocês recém-publicado na revista Biological Psychology. O sexo ajuda a descarregar toda a tensão acumulada durante um dia cansativo e a dose recomendada é pelo menos uma vez ao dia, isso vai te deixar muito mais disposto. Ninguém precisa ser cientista para saber que uma boa sessão de sexo apaga a quase inevitável tensão do dia a dia. Mas saiba que até os pesquisadores estão cada vez mais interessados nesse potencial, que é maior quanto mais intenso for o sexo. Um estudo da Universidade de Paisley, na Escócia, constatou: os voluntários que faziam questão da penetração respondiam melhor a situações de stress. "A atividade sexual diminui o nível de ansiedade", diz o urologista Joaquim de Almeida Claro, da Universidade de São Paulo (USP). "Só se deve tomar cuidado para não transformar o sexo a dois numa mera descarga de stress", lembra a psicóloga Ana Canosa, da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana. É que, nesse caso, vira algo mecânico, quase obrigatório, sem envolvimento emocional. Aí não tem graça - e nem tanto efeito.

Melhora o sono - O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas no dias em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido á acção dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior, o orgasmo permite um estado relaxante a nível psicofísico. Na fase orgástica extingue-se a tensão e a ansiedade, responsáveis pelo endurecimento da musculatura do corpo e pela insónia, fazendo que o sono chegue mais depressa. Depois do orgasmo, especialmente à noite, fica-se com sono, o corpo fica completamente relaxado, podendo ter a noite de sono mais descansada. O sexo é o tranquilizante mais poderoso do mundo e consegue ser dez vezes mais eficaz que outros remédios e com isso aumenta a produção da hormona de crescimento (G3). Sim, uma noite tranquila também depende de uma cama movimentada. O que o casal costuma comprovar na prática a medicina sabe explicar: "A relação favorece o relaxamento muscular", afirma o urologista e terapeuta sexual Celso Marzano. Isso porque, graças ao orgasmo, o corpo recebe uma enorme quantidade de substâncias que não demoram a agir, fazendo com que o indivíduo sinta uma mistura de bem-estar e exaustão. "O sono costuma vir depressa depois de um sexo mais vibrante", observa o médico. 

Alivia as cólicas da TPM - O ginecologista Neucenir Gallani faz questão de reforçar que isso não é uma regra, mas acontece com algumas mulheres. Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação. "Mas há mulheres que, na fase pré-menstrual, não têm disposição para o sexo e forçar a barra pode ser pior", diz o ginecologista.

Melhora o aspecto da pele - Fazer sexo, principalmente no período da manhã, é um poderoso aliado da beleza para manter a juventude. Essa foi a conclusão de um estudo, realizado por cientistas da Universidade Queens (Reino Unido). De acordo com os pesquisadores, atingir o orgasmo aumenta os níveis de estrogénio, testosterona e de outras hormonas ligados ao brilho e a textura da pele que fica
mais lisa. Além disso, quando há o orgasmo, ocorre uma vasodilatação superficial dos vasos, até aumentando a temperatura em algumas pessoas. Com isso, a pele ganha uma aparência mais viçosa, e o brilho natural dela fica em destaque. O sexo, como qualquer exercício, faz o corpo gerar calor, causando uma intensa vasodilatação da epiderme: as veias aumentam, recebem mais sangue e as células da pele são renovadas com mais oxigénio e nutrientes. O resultado é uma pele jovem e tonificada evitando o envelhecimento.. Fazer amor suave e relaxadamente reduz as possibilidades de sofrer dermatites, acne, erupções na pele e manchas. O suor produzido limpa os poros e faz brilhar sua pele. Testes científicos descobriram que quando as mulheres fazem sexo elas produzem o dobro de estrogénio, que torna os cabelos mais brilhantes.

Alivia as dores - De cabeça, reumáticas, menstruais... As enxaquecas são caracterizadas pela vasodilatação, uma vez que os vazos sanguíneos da cabeça dilatam e ficam muito doloridos e o sexo alivia a tensão que aperta os vasos sanguíneos no cérebro. Durante a excitação e o orgasmo, o cérebro é imundado pela endorfina que actua no sistema nervoso, cujo efeito analgésico e tranquilizante pode fazer a dor desaparecer repentinamente. As dores menstruais também tendem a desaparecer, já que as contracções provocadas pelo orgasmo fazem com que o fluxo se disperse, relaxando a região, diminuindo as dores e melhorando o humor. Quando seu parceiro reclamar, dizendo que não quer sexo porque está com dor de cabeça, reverta a desculpa a favor da saúde dele. Por isso já sabe, uma dor de cabeça de uma mulher é só uma desculpa para não ter sexo. O sexo é um inibidor da dor: mesmo antes do orgasmo, os níveis das hormonas de oxitocina aumentam cerca de 5 vezes mais, levando a uma libertação de endorfinas. Estes químicos acalmam a dor, desde a menor dor de cabeça até dores de artrites, e tudo sem efeitos secundários. Durante o bem-bom, o corpo fabrica uma porção de substâncias, entre hormônios e neurotransmissores. Uma delas é a endorfina, a mesma que dá as caras quando se pratica um exercício físico por alguns minutos. Essa molécula capaz de aliviar as sensações dolorosas é descarregada para valer no ápice da relação, o orgasmo. "Ela é o maior analgésico do nosso corpo", afirma a médica Ruth Clapauch, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. E sua ação se prolonga após o ato sexual. Os especialistas estão começando a acreditar que, somada ao trabalho da ocitocina - outro hormônio liberado na hora do gozo -, a endorfina ajuda a aplacar dores crônicas na cabeça e nas juntas.

Diminuição dos sintomas da menopausa - Mulheres nigerianas que estavam a entrar na menopausa sentiram menos ondas de calor quando faziam sexo mais frequentemente. De acordo com Brody, isso acontece porque o sexo ajuda a regular os níveis hormonais do corpo, o que pode ajudar a amenizar os efeitos da menopausa nas mulheres. Essa é para as mulheres que se aproximam da menopausa ou já atravessam o período marcado pela derrocada do hormônio feminino. Um dos principais reflexos da queda de estrogênio é a falta de lubrificação na vagina - um problema bastante comum, que leva à secura nessa região. "Mas aquelas que, após essa fase, mantêm relações sexuais tendem a apresentar menos atrofia do órgão genital", conta a ginecologista Carolina Carvalho Ambrogini, da Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp. Já as mulheres que raras vezes se divertem com o companheiro não só sofrem mais com o incômodo como também podem sentir mais dores durante a penetração.

Poderoso sedativo - O sexo funciona como poderoso sedativo, que auxilia no sono, dores na coluna e também na sensação de relaxamento, obtida através do orgasmo. "Uma endorfina é a serotonina, conhecida como a hormona da felicidade, a outro é a endorfina endógena, que cria, através do orgasmo, um sentimento de felicidade durante cinco a dez segundos nos homens - e até quatro ou cinco minutos em mulheres, o que é excelente para saúde mental", explicou um dos médicos. As endorfinas aumentam a sensação de prazer durante e depois do sexo e proporcionam este relaxamento que se estende por todo o corpo. Um poderoso orgasmo é equivalente a 2-3 mg de diazepam, sendo o tranquilizante mais seguro do mundo.

Aumenta a imunidade - Segundo estudos científicos, existe uma relação entre o estado de humor e a imunidade, ou seja, as pessoas mal-humoradas e que sofrem de depressão reflectem os seus sentimentos no sistema imunológico. Logo, se as experiências sexuais agradáveis ajudam a melhorar o humor, também têm reflexos positivos no sistema de defesa do organismo. Isto significa que o sexo solidifica as defesas do organismo contra certo tipo de doenças, para afastar o fantasma da doença, nada melhor do que ter relações sexuais regularmente e de forma satisfatória. Um estudo feito pela Wilkes University, nos Estados Unidos, mostrou que uma vida sexual activa aumenta os níveis de um anticorpo conhecido como IgA, responsável pela proteção do organismo de infecções, gripes e resfriados. Sexo 3 ou 4 vezes por semana significa mais 30% de valores mais elevados de anticorpos hemoglobina A, responsável pelo “trabalhar” do sistema imunitário. Segundo estudos cientificos, existe uma relação entre o estado de humor e a imunidade, ou seja, as pessoas mal-humoradas e que sofrem de depressão reflectem os seus sentimentos no sistema imunológico. Logo, se as experiências sexuais agradáveis ajudam a melhorar o humor, também têm reflexos positivos no sistema de defesa do organismo. Isto significa que o sexo solidifica as defesas do organismo contra certo tipo de doenças, para afastar o fantasma da doença, nada melhor do que ter relações sexuais regularmente e de forma satisfatória.
De acordo com um estudo, o acto sexual, sobretudo pela manhã, melhora o funcionamento de diferentes órgãos melhorando assim a imunidade. Fazer sexo uma ou duas vezes por semana tornaria o sistema imune mais preparado para entrar em combate. É o que sugerem pesquisadores americanos que compararam amostras da saliva de pessoas sexualmente ativas com as de voluntários que pouco se aventuravam na cama. Eles concluíram o seguinte: quem transava com certa frequência abrigava mais anticorpos. O resultado, no entanto, ainda carece de um consenso entre os médicos. Isso porque, para muitos deles, uma defesa mais a postos não seria fruto da atividade sexual em si. "Há, sim, trabalhos mostrando que pessoas felizes têm melhor resposta imunológica. E a atividade sexual sem dúvida traz felicidade e qualidade de vida", pondera Joaquim Claro.

Aumenta a esperança de vida - Um estudo na universidade de Belfast feito em 1.000 homens de meia-idade demonstrou que o sexo regular aumenta a esperança de vida. Na mesma faixa etária, aqueles que têm orgasmos mais frequentemente tem metade da taxa de morte do que os homens que não tinham orgasmos tão frequentemente. Isto pode dever-se a um decréscimo das hormonas do stress, reacção que acontece logo depois de ter sexo. Um estudo realizado no Reino Unido descobriu que homens que fazem sexo ao menos duas vezes por semana vivem mais que aqueles que fazem sexo menos de uma vez por mês. Um estudo feito nos Estados Unidos fez descobertas semelhantes, enquanto um estudo sueco que examinou a vida sexual de homens com mais de 70 anos descobriu que aqueles que morreram antes de completar 75 anos tinham parado a vida sexual ainda jovens. Nas mulheres, não foram encontrados resultados semelhantes, mas a pesquisa americana descobriu que aquelas que afirmavam ter prazer durante o sexo viviam mais do que as que não gostavam do acto sexual. Uma vida sexual activa e satisfatória reduz em 50% o risco de morte.

Riscos menores de desenvolver cancro de mama - Um estudo francês descobriu que as mulheres que fazem sexo vaginal com pouca frequência têm três vezes mais probabilidades de ter cancro da mama, quando comparadas com mulheres com uma vida sexual mais activa. Na opinião do dr. Timothy Murrell, da Universidade de Adelaide, na Austrália, os orgasmos podem ajudar a evitar o cancro da mama em mulheres que nunca tenham tido filhos. A sua teoria especula que a oxitocina que se liberta durante o climax inibe a proliferação de células cancerígenas, uma vez que nesse momento os níveis desta hormona são entre três a cinco vezes mais elevados que o habitual.

Melhores níveis de testosterona e estrogénio - Um grupo de homens sujeitos a tratamento para a disfunção eréctil tiveram melhoras nos níveis de testosterona quando passaram a fazer sexo mais frequentemente. Aqueles que tiveram uma actividade sexual oito vezes por mês tiveram um aumento maior da hormona do que aqueles que tiveram uma frequência sexual menor.Os médicos constataram que durante o verão os níveis de testosterona chegam a dobrar, o que aumenta e muito a libido. As mulheres com uma vida sexual activa produzem mais estrogénio, pois quando uma mulher faz sexo o nível de estrogénio no corpo dela duplica, uma hormona decisiva para a saúde do coração, dos ossos e até para a manutenção do bom humor e bem-estar. Quando estamos fazendo o acto sexual, o organismo produz endorfina o melhor analgésico natural, ele é tão forte que continua fazendo efeito mesmo ao termino da relação sexual. Testes científicos comprovam que quando a mulher tem relações produz grande quantidade de estrogénio, o que deixa os cabelos brilhantes e suaves. As hormonas de estrogénio libertadas enquanto se tem sexo, contribuem para proteger o coração, bem como ajudam a prevenir a doença de Alzheimer e a osteoporose, enquanto a testosterona fortalece os ossos e os músculos.

Previne o cancro da próstata - Pesquisas da universidade de Nottingham descobriram que os homens que tem uma vida sexual activa após os 50 anos têm menos chances de desenvolver cancro da próstata. É uma informação que você pode dar ao parceiro. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos aponta para que os homens que fizeram sexo mais de três mil vezes durante a vida têm 50% menos probabilidades de desenvolver cancro da próstata que aqueles que têm menor frequência sexual. Estudos mostram que homens que fazem mais sexo têm um melhor funcionamento da próstata, além de eliminar mais resíduos no sémen, o que pode ter impacto sobre os riscos deste tipo de cancro. Segundo Hugh O'Neill, editor da revista "Men's Health", os homens que têm relações sexuais, pelo menos três vezes por semana, têm menos probabilidades de desenvolver problemas de próstata, dado que as ejaculações frequentes ajudam a manter esta glândula em forma.

Previne a osteoporose - Fazer sexo fortalece os ossos devido ao aumento do nível de estrogénios no organismo da mulher e de testoterona, no caso do homem. A testosterona é também responsável pela força dos músculos. Uma pesquisa dos EUA descobriu que as mulheres na menopausa que têm relações sexuais regularmente têm níveis de estrogénio duas vezes maiores que as que não têm. A hormona tem um efeito protetor na saúde óssea e a falta dela, após a menopausa, tem sido associada à osteoporose.

Activa a circulação sanguínea - A excitação provoca, por sua vez, um maior afluxo de sangue aos genitais, ao cérebro e às zonas periféricas. Ao circular mais rapidamente, este sangue limpo leva oxigénio fresco às células, órgãos e músculos, permitindo assim eliminar toxinas.

Limpa os dentes - Beijar todos os dias permite descartar o dentista. Os beijos ajudam a saliva a limpar os dentes e diminuem a quantidade do ácido que causa o enfraquecimento do esmalte e reduz o risco de diabetes. Muito melhor que uma pasta de dentes, o plasma seminal em contacto com os dentes previne as cáries dentárias, porque contém zinco, cálcio e outros minerais importantes para a prevenção das cáries.

Aumenta a actividade renal - Com o aumento da circulação sanguínia os rins trabalham mais, eliminam melhor os depósitos de toxinas. Beber bastante água depois de fazer sexo, complementa o trabalho de purificação dos rins e regula o funcionamento dos intestinos.

Previne as constipações - Muito frequentes no Inverno, a congestão nasal, as constipações, gripe e resfriados caracterizam-se pelo esgotamento e debilidade, provocados por uma alteração no equilíbrio hormonal. O sexo activo e satisfatório contribui para manter um nível adequado de estrogénios e testosterona, sendo um anti-histamínico natural que ajuda a combater asma, febre e alergias da Primavera.

Fortalece a musculatura pélvica - Esta é uma área que precisa de exercício, uma vez que o seu enfraquecimento aumenta o processo de queda da bexiga (prolapso). O orgasmo provoca entre cinco a doze contracções da musculatura que envolve o órgão sexual.

Aumenta a auto-estima - Momentos de grande intimidade, as relações sexuais são, também, alturas em que as pessoas se sentem mais vulneráveis e próximas umas das outras. Sentirmo-nos satisfeitos com o nosso corpo, significa acreditar nas nossas capacidades e ter mais confiança no que fazemos. O sexo aumenta o ânimo para trabalhar e para enfrentar os problemas do dia-dia. 
Qual o órgão do seu corpo que mais se aproveita de uma extenuante sessão a dois? Ele mesmo, o cérebro. Ora, lá se encontra o verdadeiro terminal do prazer. Quem agrada constantemente essa central de instintos e emoções ganha uma grande massagem no ego. "A autoestima melhora porque o indivíduo se sente desejado pelo outro", resume a psicóloga Ana Canosa, de São Paulo. E não pense que essa viragem no astral se deve apenas ao orgasmo. "Os preliminares também são fundamentais, sobretudo para a mulher, que precisa ser tocada e beijada. A excitação promove uma maior libertação de hormônios, aumentando o tamanho do canal vaginal e as chances de se chegar ao orgasmo", diz o ginecologista e obstetra Francisco Anello, do Hospital e Maternidade São Luiz, em São Paulo. Ou seja, tudo que antecede a penetração tem o seu valor para o corpo e para a mente dos parceiros. É claro que a relação não se restringe ao momento de catarse. "Mas sem orgasmo não se usufrui de todo o bem-estar após aquele acúmulo de tensão", diz Ana.

Aumenta as capacidades mentais - Libertação de DHEA, produzida pela excitação sexual, ajuda-nos a ter uma maior capacidade cognitiva e de percepção. Sentirmo-nos bem e felizes torna-nos mais despertos para a realidade e perspicazes na hora de tomar decisões.

Melhora as relações sociais - O primeiro passo para nos relacionarmos bem com os outros é sentirmo-nos bem com nós próprios. O prazer físico e mental retirado de uma relação satisfatória, torna as pessoas mais abertas para o mundo exterior, pois há menos lugar para frustações.

Ajuda a esquecer os problemas - A oxitocina que é desencadeada pelo orgasmo, tem um efeito amnésico que pode ajudar a esquecer os problemas, que pode durar até cerca de 5 horas. As mulheres têm uma vantagem adicional, durante o orgasmo as partes do cérebro que gerem o medo, ansiedade, e o stress são desligadas; só que fingir o orgasmo não tem o mesmo efeito.

Melhora o aspecto físico - Normalmente quem tem uma vida sexual activa tende a preocupar-se mais com a sua imagem. Procurar um corpo bem delineado e atractivo, uma pele sedosa e vestir roupas elegantes são algumas das exigências de quem faz do sexo um prazer. O sexo tem a particularidade de nos fazer sentir eternamente jovens e bonitos e retarda os efeitos de envelhecimento. Quanto mais sexo tu fizeres, maior a possibilidade de fazeres mais. Um corpo activo sexualmente possui maior quantidade de de feromomas, subtil aroma que excita o sexo oposto, sendo os químicos da paixão.
Uma pesquisa mostrou que ter uma vida sexual activa melhora muito a aparência.

Tensão arterial mais baixa - Pessoas que fazem sexo com mais frequência geralmente têm tensão arterial mais baixa, de acordo com alguns estudos. Além disso, Stuart Brody descobriu que as pessoas que têm uma vida sexual activa têm menores picos de tensão arterial durante situações cansativas.

Diminui a depressão - “Pessoas que necessitam de sexo e que não conseguem realizar, acabam se tornando bastante irritadiças e podem, inclusive, se deprimir”, avisa a sexóloga da USP Carmita Abdo. O sexo liberta endorfinas no fluxo sanguíneo, criando um estado de euforia e deixando um sentimento de bem-estar. A abstinência é fonte de ansiedade, paranóia e depressão. De facto no caso de uma leve depressão, o corpo logo depois do sexo liberta endorfinas, responsáveis por diminuírem o stress, levando a um estado de felicidade. A endorfina liberada nas relações sexuais pode ajudar no tratamento da depressão e a limpar a mente.


Óptimo para testar os seus olhos - O sexo relaxa os músculos, alivia as tensões do pescoço e das costas, de acordo com o especialista Arun Gosh diz que há casos em que a pessoa não consegue ver direito logo após o sexo. Isso acontece pois assim como os demais músculos, os dos olhos também relaxam e mostram a real capacidade que a pessoa tem de ver. Então, os minutos após o sexo são uma boa avaliação para descobrir problemas na visão.

Sémen mais saudável - Três estudos mostram que homens que fazem sexo regularmente têm um maior volume de sémen, uma maior contagem de espermatozóides e um esperma mais saudável. Então, se a mulher pretende engravidar, é melhor manter a vida sexual activa, para que o esperma esteja na melhor qualidade possível.

Previne incontinência urinária - O sexo trabalha os músculos pélvicos, que detêm o fluxo da urina reduzindo o esvaziamento. Fortalecer essa região do corpo é muito importante, principalmente para as mulheres que já tiveram filho.

Ajuda a parar de fumar - O sexo é uma forma de ajudar o homem a largar o cigarro, já que o hábito causa impotência. Se você manter a vida sexual do seu parceiro activa, ele não vai querer correr o risco de falhar no momento do sexo.

A falta de uso causa disfunção erétil - A falta do fluxo sanguíneo pode causar a morte de alguns tecidos do pénis. Homens que fazem sexo menos de uma vez por semana, têm duas vezes mais hipóteses de desenvolver difunção eréctil. Toda vez que ele recusar, lembre-o disso.
Quanto mais sexo, mais sexo, pois o corpo sexualmente activo liberta quantidades maiores de feromonas, um “perfume” natural que ao contacto com o sexo oposto o deixa com muita tesão.

Apura os sentidos - O sexo apura os nossos sentidos, especialmente o cheiro. A seguir ao orgasmo, uma subida da hormona da prolactina faz com que as células cerebrais formem novos neurónios no bolbo olfactivo, aumentando a capacidade olfactiva.

Regula o colesterol - Ter sexo regularmente baixa os níveis de colesterol, balanceando o rácio de bom colesterol/mau colesterol.

Sem
contra-indicações - Não há contra-indicações ou efeitos colaterais nem é preciso usar com moderação.


5. Comprimento e circunferência do Pénis e Clítoris

Eis uma tabela com os resultados das comparações entre pénis dando em seguida a sua classificação quanto ao comprimento e circunferência:

Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health

Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health

Site onde foi copiado a imagem de cima: http://www.targetmap.com/viewer.aspx?reportId=3073#

Ao contrário do que muitos homens pensam, o prazer para a mulher, está mais ligado à grossura do pénis do que ao seu comprimento. Quanto ás mulheres o clítoris varia de 0,5 a 5 cm de comprimento e 0,5 a 1 cm de circunferência. Hoje em dia são utilizados alguns métodos artificiais (bombas, máquinas) com o objectivo de aumentar e tornar o seu pénis mais grosso, alguns métodos mostram-se eficazes, outros nem por isso, mas não espere que o resultado obtido seja fenomenal, pois o melhor método é e sempre será o aumento e engrossamento através de exercícios físicos naturais como vou descrever em baixo. Teste as técnicas em baixo para alongamento e engrossamento e escolha a que mais se adequa a si.

6. Como deve praticar para o aumento peniano efetivo ?

Técnicas de aumento do pénis

1ª Técnica de aumento
O método “Jelq”  Arábico foi primeiramente usado por árabes sauditas há muitos anos como parte de sua cultura. Durante a puberdade, os garotos dessa cultura eram ensinados por seus pais a como praticar o “Jelq”  (sistema semelhante ao da ordenha das vacas, para propiciar aumento de tamanho do pénis). Todos os dias, os jovens do sexo masculino praticavam o “Jelq” e continuavam a praticar o exercício até atingir a vida adulta. Uma vez atingida essa idade, eles reduziam as sessões para 3 vezes por semana, apenas para manter seu tamanho e força. O “Jelq” funciona porque à medida em que você 'ordenha' seu pénis, você estará forçando o sangue para dentro de espaços nos "Corpos Cavernosos" - que normalmente não são inundados por sangue. À medida que você continua a ordenha, os espaços no pénis vão se tornando maiores e maiores, demolindo as paredes celulares dentro dos "Corpos Cavernosos" (tecido eréctil). Conforme seu trabalho diário prossegue, os espaços continuam se tornando maiores e mais fortes, e terão sua reposição normal à noite, nas horas em que você dorme. Dentro de um mês você definitivamente verá uma melhora em termos de tamanho e firmeza, mas dentro de alguns meses de exercícios diários os resultados que você poderá obter são indescritíveis, além de ter como resultado um maior pénis e mais grosso, fazem-no mais forte e saudável. Por consequência, ajudam-no a ter erecções mais prolongadas. Alguns homens chegaram a dobrar o tamanho de seus pénis no período de um ano de exercícios diários. Este exercício é considerado o mais eficaz no crescimento do pénis, principalmente, quanto ao seu diâmetro e praticado diariamente, proporcionará um acréscimo de 3 a 9 centímetros com proporcional aumento da grossura. Pouco crescimento notará durante o primeiro mês. Mas, ao fim de dois ou três meses, ficará espantado com o seu novo desenvolvimento.

Siga as instruções abaixo :
1 - Massaje suavemente o pénis até atingir uma erecção parcial, para que o sangue fique contido dentro do pénis.
2 - Aplique por todo o pénis um lubrificante de sua preferência como óleo neutro para bebés ou saliva, agarre em volta da base, no inicio de seu pénis com o polegar e o indicador. Segurando dessa forma, comprima toda a circunferência de seu pénis e escorregue lentamente para diante, fazendo com que o sangue já contido em seu pénis seja forçado adiante para dentro dos corpos cavernosos (tecido eréctil) e para a glande (cabeça).
3 - Os espaços que podem conter sangue dentro do pénis vão se alargando mais e mais a cada vez que você aplica um desses movimentos (como na ordenha). Vá alternando as mãos: à medida em que uma mão conduz a pele para adiante, em direcção à glande (cabeça), faça com que a outra mão agarre no começo do pénis tal como antes, soltando a mão que atingiu a cabeça e repetindo com a outra mão, e vá repetindo isso a intervalos médios e vagarosos ( aproximadamente 3 segundos). Esta sensação poderá causar-lhe uma erecção. Se o pénis ficar duro, faça uma pausa.
• Faça 200 a 300 “Jelqs”  por dia na primeira semana (10 minutos)
• Faça 300 a 500 “Jelqs”  por dia na segunda semana (15 minutos)
• Faça mais de 500 “Jelqs”  por dia a partir da terceira semana (20 minutos)

Observações da técnica:
• Não pratique esta técnica em erecção total com o pénis muito duro pois pode danificar as veias se tentar ordenhar assim. O pénis deve estar com 50% a 75% por cento de erecção, pois caso contrário, os resultados não serão satisfatórios.
• Faça este exercício 5 ou 6 dias por semana, tirando sempre um dia ou dois de folga.
• Irá notar que a glande estará muito vermelha e inchada, pois é normal e bom sinal do aumento de sangue.
• Se ocorrer um aumento demasiado da erecção no exercício, aperte com mais força ou espere que diminua por si só.
• Para relaxar e recompor a circulação depois do exercício, golpeie suavemente de 25 a 50 vezes com leves esticões.
• Se sentir vontade de ejacular, interrompa os movimentos até que desapareça a vontade. Este também pode ser um óptimo exercício de auto-controle, evitando assim ter ejaculação precoce.

2ª Técnica de aumento
Se realmente quer que seu pénis cresça, esta é a técnica mais utilizada e pode praticá-la sentado ou de pé. Este exercício fará crescer o pénis ligeiramente nas duas semanas seguintes, mas após os 3 ou 4 meses notar-se-á uma diferença de tamanho muito significativa. Os resultados aparecerão em pleno.

Siga as instruções abaixo :
1 - Deve-se começar o exercício diário com a colocação de uma compressa, um pano de algodão ou toalha de felpo embebida em água morna, em volta do pénis, quer esteja flácido ou erecto. A compressa quente fará com que o sangue flua com mais intensidade ao pénis e que a pele fique mais elástica. Mantenha-o durante um minuto e volte a repetir umas quantas vezes, se necessário. Uma variante desta modalidade é deixar-se ficar sobre o chuveiro deixando que a água morna corra sobre o pénis.
2 - Com o pénis em estado flácido, agarre a ponta firmemente pela base da glande, assegurando-se de não cortar a circulação.
3 - Estique o pénis directamente para frente. Estique o mais que possa, sem causar dor ou mal-estar. Mantenha-o esticado durante 5 minutos e a cada minuto passado, tente esticá-lo ligeiramente um pouco mais.
4 - No final dos 5 minutos, solte-o e relaxe durante um minuto. Agora, gire-o 30 vezes. Imite um ventilador, em círculo. Isto fará com que a circulação volte a funcionar com normalidade.
5 - Repita o passo numero 2, quatro vezes, variando agora a direcção de alongamento: para direita, esquerda, acima e abaixo. Depois de cada 5 minutos de alongamento repita o passo número 3.
6 - Depois de ter feito os 5 alongamentos de 5 minutos (frente, direita, esquerda, cima, baixo), faça um último alongamento de 1 minuto para a frente, aplicando 10 vezes um movimento de "esticão-soltar", sem usar de muita força.
Use o dedo indicador e o polegar como pinça, sem cortar a circulação, assegurando-se de fazer pressão, não no nervo dorsal, que é o que se encontra ao longo da parte superior do pénis.
7 - No final de cada sessão, faça uma massagem suave ao pénis durante alguns minutos e logo após isto você pode aplicar outra compressa quente como a do início. A massagem faz com que as células se recuperem com maior velocidade, pois o calor acalma os efeitos sensitivos, ou seja, as sensações de dor ou ardor de fricção, que possam causar os exercícios.


7. Como deve praticar para o aumento efetivo do tempo de ereção ?

Existe formas naturais que o ajudam a aumentar a durabilidade de erecção do seu pénis. As mais conhecidas são:

1 - Em pé, com as pernas 30 cm afastadas e pénis erecto, balance o quadril para a frente e para trás como se estivesse a penetrar numa vagina imaginária, contraia fortemente o seu pénis, músculos das nádegas e anús durante o movimento. Faça este exercício várias vezes ao dia e se tiver dificuldades de excitação utilize um filme erótico, mas não coloque as suas mãos no pénis durante o exercício para evitar o orgasmo.

2 - Quando estiver excitado e com o pénis erecto, coloque sobre ele uma pequena toalha e comece a fazer exercícios de flexão do pénis aguentando a toalha em cima do pénis, tentando encostar a toalha ao umbigo. No começo é mau mas com o tempo perceberá a melhora. Depois, use a toalha molhada para aumentar o peso da toalha, irá aumentar cada vez mais a dureza do pénis. Faça este exercício 3 a 4 vezes ao dia.

3 - O banho frio é a melhor maneira de activar a circulação de todo o organismo ou pelo menos finalize o seu banho com água fria. Sempre que puder, lave o pénis com água fria e quando você conseguir manter a erecção na água fria irá manter a erecção em qualquer lado e qualquer situação.


8. Quais são as formas naturais de atrasar a ejaculação masculina ?

- Faça pressão no períneo, que é a região entre o ânús e testículos com os dedos 
- Fortaleça os músculos pubococígeneos diáriamente, ( Períneo ou Retenção da urina na uretra ) sendo que de início deve contrair os músculos e segurar por 1 ou 2 segundos a urina na uretra ou contrair o períneo, soltando-os em seguida. Repita o exercício por 20 vezes em 3 sessões por dia.
- Faça a técnica slow-fast, alterne a velocidade dos movimentos rápidos até movimentos lentos ao mesmo tempo que controla a respiração, para reduzir assim a ansiedade.
- Faça a técnica do aperto que pode ser executada com a sua parceira ou quando estiver masturbando-se e que consiste em apertar a glande do pénis com os dedos no formato de um anel até o nível de excitação reduzir e depois possa assim recomeçar.
- Pense em coisas diferentes do sexo como por exemplo, assuntos da política, desporto, comédia, família, etc.
- Durante o sexo faça uma pausa rápida e aperte a base do pénis com o polegar e o dedo indicador. Mantenha a pressão até sentir o impulso de ejacular diminuir. Em seguida solte e aguarde 10 segundos e retome a relação sexual.
- Usar um anel peniano e preservativo irá reduzir a sensibilidade do pénis e fazer com que a excitação excessiva diminua.
- Antes e durante o sexo deve-se simplesmente assoprar como se estivesse enchendo um balão de ar e respirar o mínimo possível pelo nariz pois este processo vai fazer com que o pouco oxigénio que chega ao interior do corpo irá para os locais mais importantes e necessitados de oxigénio que é o coração e cérebro, enquanto os músculos pubococígeneos como têm pouca energia, ou seja, oxigénio, dificilmente irão produzir a ejaculação.
- Faça 3 movimentos com a mão direita fechada apertando a parte da glande e 1 movimento longo em toda a extensão do pénis e depois evolua para 6 movimentos na parte da glande e 1 movimento longo em toda a extensão do pénis e quando sentir a ejaculação a chegar páre e para retardar a ejaculação aperte a glande ou base do pénis até o nível de excitação alto diminuir.
- Caso tenha tempo deve masturbar-se com ou sem orgasmo, antes de ter relações sexuais, pois isso irá prolongar o segundo orgasmo ou primeiro para a maioria dos homens. De facto o primeiro orgasmo elimina grande parte da excitação acumulada e ansiedade que existe normalmente antes de ter relações sexuais.


9. Que é o pompoarismo ?

A palavra pompoar ou pompoir é algo como "sugar o pênis com a vagina", talvez porque essa seja a deliciosa sensação que o homem sente quando a mulher, movimentando seu corpo, faz com que os músculos treinados, suguem e libertem o pénis, durante o acto sexual. O pompoarismo é uma técnica oriental e na sua essência é a passagem de energia de um para o outro. As indianas são treinadas culturalmente desde a puberdade, para o fortalecimento desses músculos, e não há movimentação pénis-vagina, pois o que importa para eles não é o orgasmo e sim a troca de energia vital. O fortalecimento da musculatura deve ser feito a partir dos 25 anos de idade, quando a mulher já tem a flacidez genética inerente ao ser humano, que é agravada principalmente pelo parto normal e depois pela menopausa. Todas as mulheres do mundo conseguem com treino, fazer três sensações que multiplicam o prazer do casal: imitar o sexo oral, prender o pénis impedindo-o de sair e fechar alternadamente os anéis vaginais em torno dele, que é como se a mulher estivesse fazendo uma massagem com a vagina. Se você praticar os exercícios avançados, com o vibrador e as bolinhas, quinze minutos por dia, dentro de três a seis meses estará pronta para desempenhar o pompoarismo com o seu amor. Normalmente na primeira vez em que aperta-se o pénis com a vagina, o homem toma um susto, mas depois ele pede mais..."

Exercícios Vaginais Sozinha

1 - Contração da vagina
Primeiro você precisa fortalecer seus músculos vaginais, e a partir de então, contraí-los ao redor do pénis do parceiro. Para conseguir localizar os músculos a serem trabalhados, faça um exercício simples: interrompa o jacto de urina na hora de urinar (de preferência o primeiro da manhã), permanecendo assim por 15 segundos. Depois solte mais um pouco e interrompa novamente e continue assim até terminar de urinar. Esse exercício também pode ser feito quando não se está urinando, durante o trabalho, no dia-a-dia, no trânsito, ou mesmo assistindo à TV, em qualquer parte do dia. Varie nas repetições e no tempo de contrações. Por exemplo, quando estiver sentada, contraia o músculo e segure por uns 2 segundos e relaxe. Repita mais dez vezes. Com o tempo você notará que o músculo irá ficar cada vez mais forte, podendo aumentar assim as repetições. O ideal é fazer o exercício três vezes ao dia. Procure fazer pelo menos 15 contracções em cada série. Ao fazer os exercícios, contraia-os o mais fortemente que conseguir. Eles não são suficientes para torná-la uma pompoarista, mas com isso você ganhará força muscular para prosseguir com o treino.

2 - No Banho
Todos os dias, na hora do banho, a mulher deve introduzir o dedo médio na vagina. Em seguida deve contrair cada um dos anéis musculares, sentindo a pressão de cada um no dedo.

3 - Na Cama
Recoste-se na cama e deixe as pernas separadas e semiflexionadas. O erro mais comum é a contração dos músculos errados, geralmente do abdómen, coxa ou nádegas. Para evitar este erro, insira um dos dedos na vagina e tente apertá-lo o mais que puder, percebendo se eles estão "apertando" seus dedos. Caso não sinta nenhuma pressão insira dois dedos. Volte a se exercitar com um dedo quando a musculatura estiver mais treinada. Tente sugar o dedo com a vagina, contando até três antes de relaxar.

4 - Como Contrair
 Faça uma inspiração profunda e, depois, enquanto expira, contraia toda a musculatura da vagina, segure esta musculatura contraída por 3 ou 5 segundos (enquanto continua expirando lentamente) e então relaxe. Descanse uns 20 segundos e fique repetindo a operação por mais 5 ou 10 minutos. Não é necessário fazer muito esforço. Lembre-se, inicialmente você terá a impressão de que é muito difícil executar esta tarefa, mas com a rotina da prática conseguirá realizar sem esforço. O que
vale aqui é "jeito" e não força bruta e o "jeito" só conseguirá com prática.
Contraia os músculos do anús forçando para cima e para baixo; a musculatura da vagina, tracionando para dentro e para fora. Mantenha a contração, contando lentamente até 10 e depois e relaxando.

5 - Chão Pélvico
Contraia a vagina como descrito acima, e também os músculos ao redor do anús, como se estivesse interrompendo a saída
de fezes e os músculos ao redor da vagina e uretra, como se estivesse cortando o jacto de urina. Contraia todos ao mesmo tempo e depois sequencialmente.

6 - Respiração Abdominal
Deitada de costas, com as pernas semi-flexionadas respire fundo preenchendo o baixo ventre, depois a região do estômago, até chegar aos pulmões. Retenha o ar o máximo de tempo possível e contraia os músculos da vagina, fazendo um movimento ondulatório com os músculos abdominais, de baixo para cima. Faça isso umas sete vezes, depois solte o ar pela boca.

Exercícios Vaginais Acompanhada

1 – Mulher por cima
A técnica pode ser praticada em várias posições sexuais, como sugere o Kama Sutra, mas a ideal é a mulher por cima do homem, para que tenha total controle da situação, pois quando ele penetrá-la, contraia com força os músculos da vagina, sugando o pénis, massajando-o através de contracções sucessivas. A seguir, contraia fortemente a vagina, prendendo com força o pénis dentro dela, de tal forma que ele não tenha nenhum movimento, impedindo inclusivé que ele saia de dentro de você. Depois faça contracções com a vagina no sentido de expulsar o pénis. Quando ele sair, recomece o acto desde o início, procurando contrair fortemente a vagina, de forma que o parceiro tenha dificuldades em introduzir o pénis, quase como se ele estivesse relacionando-se com uma virgem. Depois da terceira tentativa dele, relaxe e deixe ele entrar.

2 – Frente a frente
Sentar um de frente para o outro e encaixar os corpos, com as pernas entrelaçadas, também é excitante. Apenas mova os músculos vaginais em torno do pénis, pois as sensações eróticas serão tão incríveis que certamente, chegarão ao orgasmo juntos. O contacto olhos nos olhos aumenta o prazer e depois de algum tempo de experiência, os truques se tornam espontâneos, automáticos. Entre os preliminares mais excitantes estão a "carícia", com movimentos suaves e lentos, em que a vagina de repente se fecha totalmente e brinca com o desejo dele, sem deixar que o pénis enlouquecido a penetre. No chamado "domínio", você aperta, relaxa e suga várias vezes, até ao orgasmo. Nesses jogos, a mulher mordisca a glande ou a base do pénis perto dos testículos, agarrando o membro todo, apertando, relaxando e fazendo massagem lenta e rapidamente. Finalmente, quando o seu amor estiver quase chegando lá, você pode acelerar o seu orgasmo ou retardar o dele.

10. Video sobre Pompoarismo e Jelquing

O objectivo deste video é esclarecer de forma sucinta o que são as técnicas do Pompoarismo e Jelquing.

Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health

11. Quantos tipos de orgasmos femininos existe ?

- Existe 5 tipos de orgasmos femininos que vou citar de seguida quais são:
1º- Orgasmo Clitoriano - Estimulação do clítóris através dos dedos, língua, pénis ou vibrador com movimentos verticais, horizontais e circulares. ( Sensação Boa )
2º- Orgasmo do Ponto G - Estimulação do Ponto G ou prostáta através dos dedos, língua, pénis ou vibrador com movimentos verticais, horizontais, circulares e deve-se fazer também com os dedos a trajectória de um ( S ) na zona da próstata, partindo do ponto superior direito e acabando no ponto inferior esquerdo. ( Sensação Muito Boa )
3º- Orgasmo Simultâneo - Estimulação do clítóris feita ao mesmo tempo que a estimulação do ponto G sendo que este deve ser estimulado através dos dedos e língua juntos ou através dos dedos e penetração juntos com pénis ou vibrador com movimentos verticais, horizontais e circulares. ( Sensação Excelente )
4º- Orgasmo Múltiplo - Estimulação do clítóris e próstata executados diversas vezes seguidas com estimulação através dos dedos, língua, pénis ou vibrador com movimentos verticais, horizontais, circulares e deve-se fazer também com os dedos a trajectória de um ( S ) na zona da próstata, partindo do ponto superior direito e acabando no ponto inferior esquerdo. ( Sensação Óptima )
5º- Orgasmo Ejaculatório - Estimulação do Ponto G ou prostáta sendo que este deve ser estimulado através dos dedos começando devagar com movimentos verticais, horizontais, circulares e deve-se fazer também com os dedos a trajectória de um ( S ), evoluindo para movimentos o mais rápido possível nos quatro tipos diferentes de movimentos. O Ponto G ou prostáta localiza-se debaixo da uretra, similar a uma amêndoa é parecido ao céu da boca com formas enrrugadas e de tecido eréctil que quando as mulheres estão muito excitadas enche-se de líquido próstático e alguns componentes da urina, sendo que após intensa estimulação desencadeia a ejaculação próstática. ( Sensação Máxima de Prazer )


12. Fases do Orgasmo Verdadeiro
Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health

13. Onde deve praticar ?

Os tipos de posturas que se pode adoptar para "dar uma rapidinha" são diferentes das que se empregam em outras situações mais tranquilas. Ao usar o movimento de corpo e de posturas não tão familiares, o desejo aumenta e o sexo recupera parte do frescor perdido. Além do mais, você pode aliar a modalidade a lugares também diferentes. Algumas mulheres comentam que, para elas, o sexo rápido é muito mais excitante que qualquer outra técnica. Como não está planeado, elas não se sentem envergonhadas ou culpadas, e a turbulência do momento as ajuda a chegar ao orgasmo com mais facilidade. Às vezes, o sexo rápido está associado ao risco. Ter relações em lugares "proibidos" ou onde há perigo de ser descoberto dá mais prazer aos casais que descobrem o que é necessário para desfrutar plenamente de suas relações sexuais. Nenhuma mulher em sã consciência gosta de ser violada mas muitas dizem adorar quando são surpreendidas pelo homem que amam e as faz passar por isso. Qualquer lugar diferente do normal é um bom lugar, bastando para isso usar a imaginação. Eis uma lista de alguns lugares em baixo :

Lugares diferentes para fugir á rotina
- Na mesa da cozinha
- No banheiro da casa de um amigo
- Durante um passeio na fazenda
- Em uma cadeira de balanço
- No mar
- À noite em uma praia
- No banco de trás do carro
- Em um balanço de um parque de diversões vazio
- No elevador
- Na escada do prédio
- No escritório vazio
- No táxi de viagem ou avião quando toda a tripulação estiver dormindo
- No banheiro do restaurante

Dicas para os amantes de uma rapidinha
- Procure usar blusas e vestidos de tecidos elásticos
- Se você quer sair sem calcinha, mas antes vai a um jantar demorado com os pais dele, leve uma bolsa para tirá-la depois
- Abuse dos sapatos de salto. Você vai se sentir poderosa fazendo amor com um scarpin altíssimo
- Dependendo do lugar que vocês escolheram, prefira não fazer muito barulho, senão, o que seria uma óptima experiência pode se tornar um péssimo fim de noite
- Tentem não tirar toda a roupa pois este é um dos segredos para tanto mistério e sensualidade
- Se vocês tirarem alguma peça de roupa, não a deixe muito longe para evitar eventuais transtornos depois
- Para ser uma completa adepta da modalidade, leve sempre preservativo


14. O que deve tomar antes de praticar ?

Existe estas três receitas caseiras naturais que ajudam a melhorar o desempenho. 
 
- Um excelente remédio caseiro para impotência sexual
É a combinação do alecrim, chapéu de couro e catuaba. Tome 4 xícaras do chá por dia. Independente da erva que escolheu, utilize 20g para preparar 1 litro de chá. Ferva a água, coloque a erva escolhida, desligue o fogo, abafe e deixe repousar por 15 minutos e coe a seguir. Experimente também o chá de sementes de melancia. Use 100g de sementes de melancia trituradas em 1/2 litro de água, faça o chá e coe, devendo por fim tomar-se como se fosse um chá. Para começar a sentir alguma melhoria deve usar pelo menos por sete dias. O processo natural nunca é imediato e as proporções de sementes ou plantas e água devem ser respeitadas, porque embora sejam soluções naturais promovem alteração no organismo.
 
- Remédio caseiro para apetite sexual
Um excelente remédio caseiro para aumentar o apetite sexual é o açaí. Faça a seguinte mistura: Bata no liquidificador 4 polpas de açaí (100g cada), meia caixa de morangos picados, 2 litros de água, 2 colheres de guaraná em pó, 4 colheres de sopa de açúcar mascavo, 2 colheres de sopa de mel, 1/2 colher de sopa de canela em pó e bata bem. Beba 1 copo desse suco, no mínimo, 3 vezes por dia. O açaí é considerado uma fruta afrodisíaca e muito energética.
 
- Remédio natural para impotência sexual
Um óptimo remédio totalmente natural para tratar a impotência sexual é um xarope caseiro. Basta ter 1 chávena e meia de mel de abelhas, uma colher de guaraná em pó, 1 colher de folhas de hortelã e 1 colher de ginseng em pó. Misture todos os ingredientes até formar uma pasta homogênea. Tome uma colher de sopa pela manhã. Contra indicações: não deve ser consumido por hipertensos, gestantes, diabéticos e durante a amamentação.
 
Mas caso não tenha tempo nem paciência para fazer as receitas caseiras naturais de cima pode sempre optar por comprar os comprimidos abaixo descritos:
 
Nome do Produto Início da Reacção em Minutos Duração Efectiva em Horas Efeitos Secundários Prescrição Médica
Viagra TM +- 45 +- 4 Muitos ( Dor de cabeça, rubor facial, congestão nasal e  dispepsia )  Sim 
Cialis TM +- 30 a 60 +- 36 Muitos (Dor de cabeça, rubor facial, tonturas, congestão nasal, intolerância gástrica, dor muscular e nas costas) Sim
Levitra TM +- 30 +- 4 Alguns ( Dor de cabeça, rubor facial, congestão nasal ) Sim
Panalt TM +- 60 a 90 +- 72 Nenhuns Não

15. Links

http://lista10.org/adulto/as-10-posicoes-sexuais-favoritas-das-mulheres - As 10 posições sexuais favoritas das mulheres
www.sexinfo101.com – 1º Melhor site de sexo com posições em 3d, noticias excelentes, conselhos sexuais e links externos  

http://www.kama3d.org – 2º Melhor site de sexo com posições em 3d
www.playboy.com/girls - Melhores fotos de modelos
http://www.voyeurweb.com/PrivateShots.html - Melhores fotos de mulheres despidas
http://www.mulherperfeita.com - Melhores mulheres nacionais e internacionais
www.degracaemaisgostoso.info/category/revistas-xxx/revistas-playboy - Revistas da playboy gratuitas
http://fabricadedownloads.com/baixar/category/revistas-xxx/penthouse-revistas-xxx - Revistas da penthouse gratuitas
http://fabricadedownloads.com/?cat=68 – Revistas de adultos
http://tour.brazzersnetwork.com – Melhores sites de vídeos de sexo
http://www.bullporn.com – Videos muito bons
http://www.sextube.com  – Videos muito bons
http://www.mommygotboobs.com – Videos muito bons
http://21sextury.com  - Videos das melhores estrelas porno femininas do mundo
www.hqtube.com  - Videos de sexo de alta qualidade
http://www.robertinha.com.br – Videos e fotos de mulheres
http://eu.digitaldesire.com – Videos e fotos de mulheres
www.okcupid.com - Site de encontros que dá para falar em tempo real ou deixar mensagem para ser vista mais tarde
http://two.com - Site de encontros que dá para falar em tempo real ou deixar mensagem para ser vista mais tarde
www.badoo.com - Site de encontros que dá para falar em tempo real ou deixar mensagem para ser vista mais tarde
www.zoosk.com - Site de encontros que dá para falar em tempo real ou deixar mensagem para ser vista mais tarde
www.clubeamizade.com - Site de encontros que dá para falar em tempo real ou deixar mensagem para ser vista mais tarde
www.rua69.com - Site de encontros k só dá pra deixar mensagem e ser vista mais tarde
www.flirt.com - Site de encontros k só dá pra deixar mensagem e ser vista mais tarde
http://whoisnear.com - Site de encontros k só dá pra deixar mensagem e ser vista mais tarde
www.mulheresinfieis.com - Encontros em Portugal de mulheres casadas
www.gleeden.com  - Encontros de pessoas casadas

16. Video sobre pesquisa de novos amigos 

O objectivo deste video é facilitar a pesquisa de novos amigos, com objectivos profissionais ou amorosos, orientada para resultados reais em pouco tempo, com a ajuda de uma base em Excell de 211 sites com anúncios para encontros e 62 sites de chat que abrangem todo o mundo. Pode ainda ver as 4 revistas em Portugal que permitem colocar anúncios de encontros. Toda esta informação é actualizada todos os meses.

Employment, emprego, trabalho, work, ofertas, offers, páginas, websites, sexo, sex, saúde, health


Contacto

SaudEmpregoeSexo

Ricardo Antunes
Largo S. Pedro N.5, 1º Dto
2655-363 Ericeira -Portugal


Telemóvel:+351969057928